Carboxiterapia para celulites, como funciona
5 (100%) 1 vote

Nova técnica de combate à celulite, gordura localizada, flacidez de pele e estrias.

Importada da Itália, a corboxiterapia é utilizada há 13 anos na Medicina Estética daquele país. O tratamento consiste em pequenas doses de CO2 que são administradas por um Dispositivo de Controle de Fluxo (ICD – Infusion Control Device).

O tratamento estético é utilizado em regiões afetadas pela celulite, gordura localizada, flacidez de pele e estrias, através da aplicação de pequenas quantidades de Dióxido de carbono (CO2) Medicinal (algo grau de pureza – 90%) entre 300 e 400ml por sessão.

Celulite e gordura localizada:

A infusão de gás no local tem como efeito provocar uma distensão que permite promover a ruptura de algumas células de gordura, desencadeando reações químicas de lipólise – processo que “rompe” as células gordurosas – além de promover aumento da circulação de sangue na região afetada. Isto significa a eliminação mais rápida da gordura que foi mobilizada de dentro das células gordurosas

Flacidez de pele e estrias:

A técnica Carboxi promove aumento do fluxo de sangue para a região, além de estimular a produção de colágeno e fibras elásticas, responsáveis pela firmeza da pele.

Outro aspecto positivo da técnica é que o CO2 é produzido pelo organismo, por isso não há risco de alergia ou efeito colateral. Para se obter o resultado eficaz com o Carboxi são necessárias em média 12 a 20 sessões, variando de caso para caso.

Carboxiterapia para celulites, como funciona
error: Content is protected !!