Cuidados com os olhos dos animais
Rate this post

Ter a visão em dia é essencial para o bem-estar de qualquer bicho. Por isso, os checkups oftalmológicos são imprescindíveispor CLARA CIRINO design PILKER

Procurar lugares com pouca luminosidade, esfregar os olhos com as patas e tê-los lacrimejantes e vermelhos são sinais típicos de animais que convivem com algum tipo de desconforto visual. Diante desses sintomas, não perca tempo e leve seu bicho ao veterinário. Mas, como prevenir é sempre a melhor opção, exames regulares afastam a possibilidade de as doenças oculares tornarem-se graves e mandam o risco da cegueira para longe.

A partir dos 2 meses de idade, os animais já devem passar por essa inspeção. Nessa primeira consulta, o veterinário poderá avaliar se o cachorro ou o gato apresentam, por exemplo, malformação das pálpebras, o que pode favorecer a ocorrência de problemas oftalmológicos. “Já na fase adulta, os checkups devem ser feitos uma vez ao ano”, orienta José Luis Laus, professor da Universidade Estadual Paulista, em Jaboticabal, no interior do estado de São Paulo. “E quando os bichos entram na terceira idade, precisam ir ao veterinário a cada seis meses para saber como anda a visão.”

Durante as visitas de rotina, o especialista investiga se a produção de lágrimas está normal. Alterações nessa função quase sempre representam perigo e estão presentes na maioria das doenças oculares. Em seguida, são realizados testes que avaliam a percepção visual do pet, além do estado das pálpebras e dos cílios. O veterinário também checa a pressão intraocular para averiguar a existência de uveíte e glaucoma (veja o quadro abaixo). Por fim, vêm os exames de fundo de olho. “Com eles, podemos verificar a situação da retina e do cristalino e diagnosticar males como a catarata”, completa Jorge Pereira, veterinário especialista em oftalmologia, do Rio de Janeiro. A catarata, bastante comum nos cachorros, pode estar relacionada a outras doenças, como diabete e hipertensão, que também necessitam de tratamento. Felizmente, em grande parte dos casos uma simples cirurgia dá cabo desse problema de visão.

Veja abaixo as doenças oftalmológicas mais comuns em cães e gatos:

CERATITE

Trata-se de uma inflamação na córnea. Surge devido a traumas e pancadas, mas às vezes está relacionada ao mau posicionamento das pálpebras e dos cílios.

CATARATA

Em geral, sua causa é hereditária, mas a catarata pode estar relacionada a doenças como o diabete. Ela vem à tona quando o cristalino começa a ficar opaco, deixando a visão do bicho embaçada.

UVEÍTE

Em poucas palavras, é a inflamação da úvea, que compreende a íris, o corpo ciliar e a coroide, membrana que forra a parte posterior do olho. Infecções e traumas também fomentam a uveíte.

GLAUCOMA

É provocado pelo aumento da pressão interna dos olhos. Além da predisposição genética, tumores e hemorragias são outros culpados pelo problema.

Cuidados com os olhos dos animais
error: Content is protected !!