Psicólogo é coisa de louco?
5 (100%) 4 votes

Muitas pessoas pensam que ir ao psicólogo é para loucos. No texto de hoje de hoje vamos analisar essa crença.

A palavra “louco” não é um termo técnico que se usa em psicologia. É uma expressão da linguagem cotidiana muitas vezes usada para denegrir ou insultar alguém. Em outras palavras, é um nome atribuído a Alguém que sempre faz algo fora do que era esperado e incomoda uma ou mais pessoas. As pessoas podem então chamar essa pessoa de louca, porém agindo assim acabam discriminando, oprimindo e desumanizando a pessoa.

Quando se desumaniza alguém, essa pessoa é vista como tendo menos das características essencialmente humanas, como a consciência, sentimentos e racionalidade. Consequentemente, a pessoa é vista como menos digno de respeito, liberdade e direitos. Certamente ninguém vai gostar de ser tratado assim! É como quando as pessoas pensam que há algo errado com o outro e que este deve ir ver um psicólogo para ser reparado. Se você disser que alguém deve ver um psicólogo, a pessoa pode entender que você está dizendo que ele ou ela é louca. Portanto, ela pode se sentir ofendido e rejeitar sua sugestão.

Tudo depende de como se é dito, mas o risco de algo dar errado é grande, uma vez que ainda há muito preconceito com as pessoas que procuram ajuda psicológica. Há boas razões para ver um psicólogo, sendo muito útil quando alguém está sofrendo ou enfrentando dificuldades para lidar normalmente com a vida. A psicoterapia pode ajudar uma pessoa a lidar melhor com suas dificuldades e prevenir a situação de piorar.

Como a psicologia pode te ajudar

Se sua vida é boa e você não está enfrentando muitas dificuldades, a psicologia pode ajudá-lo a ter uma vida ainda melhor! Psicoterapia pode permitir que você se conheça melhor, ser uma pessoa mais realizada e feliz consigo. Você pode descobrir coisas sobre si mesmo que você nunca imaginou e que irá ajudá-lo para ser um melhor amigo, parceiro romântico e até mesmo um profissional melhor em sua área. Um psicólogo pode ajudá-lo a fazer uma das viagens mais gratificantes que existe: a jornada de autoconhecimento. A Psicologia tem teorias e ferramentas (veja este app de autoestima) que podem ajudar qualquer pessoa interessada na melhoria de alguma forma, e o estigma que a psicoterapia é para pessoas loucas é prejudicial para todos nós, uma vez que dificulta a missão do psicólogo para promover a saúde e bem-estar na sociedade.

Ao contrário do que muitos pensam, ir ao psicólogo é para alguém que quer cuidar, saber ou crescer a si mesmo.

Pronto, agora que você já sabe que psicologia não é coisa de louco, o Diário do Psique realiza orientações online, certificado pelo conselho federal de psicologia.

Psicólogo é coisa de louco?
error: Content is protected !!