Três hábitos importantes no levantamento de peso olímpico
Rate this post

Aqui estão três hábitos (muito importantes!) para aqueles pensando em aumentar força de forma geral, competir ou ser um bom levantador de peso de forma geral.

1. Qualidade do movimento vs. Perseguindo PR’s

 

Paciência é uma das características mais notáveis em um levantador de peso experiente. Frequentemente iniciantes vão correr atrás de bater PR atrás de PR até que seu progresso derrepente sofra uma parada brusca.

Por que isso acontece? Eu gosto de chamar isso de “Efeito novato”. Cada pessoa tem um potencial diferente de força ou levantamento com uma má qualidade de movimento. O levantador iniciante vai evoluir rapidamente no inicio baseado simplesmente em sua força bruta, mas este progresso tem vida curta e irá acabar rapidamente. Quando o potencial de força é atingido, a única maneira de se tornar um bomlevantador é fazer o que deveria ter sido feito antes, ou seja, forcar na qualidade técnica do movimento. Para resolver este problema, a técnica deve ser seu maior foco e da maior importância até que o levantador tenha proficiência suficiente para voltar a bater PR’s com uma técnica perfeita. O movimento deve ser o mesmo, sendo um PR ou com 100 libras a menos que o PR.

2. Treinamento vs Demonstração de força

Quando o levantador tem um bom nível técnico, ai sim o verdadeiro treinamento pode começar! Portanto, a técnica deve sempre ser refinada e nunca esquecida; ninguém é perfeito.

Demonstração de força deve ser  reservado para dias de competição ou alguns dias de treino. Com qual frequência você vê Kendrick Farris (ou qualquer outro levantador) no seu limite durante o treino? Não com muita frequência. Pelo contrário, Existem vários videos dele (e outros) fazendo várias repetições de squats ou vários snatches em séries de  3 e 5 segundos.

Um dos maiores powerliftters de todos os tempos, Ed Coan, somente atingiria seu limite no treino a cada 12 semanas. Chegando no seu limite ele farias squats por 10, 8 e 5 segundos. Pararia de correr atrás de PR’s e focaria no ganho do força.

3. Trabalhe as suas fraquezas

Durante um seminário com o Dimitri Klokov, alguém perguntou ele “Por que você faz tanto Press e Deadlift?” e ele respondeu que essas eram suas partes do corpo mais fracas e quando ele focava o treino nas suas fraquezas o seu levantamento olímpico melhorava. Pode notar que ele não respondeu que fazia snatches e clean and jerk o dia todo, todo dia. Ele achou o que funciona para ele através da variação no seu treino. A questão aqui é que você precisa achar quais são as suas principais FRAQUEZAS e ataca-las com vigor.

Três hábitos importantes no levantamento de peso olímpico
error: Content is protected !!